Oscar 2021 | Confira os ganhadores da edição

 Oscar 2021 | Confira os ganhadores da edição

Na noite deste domingo (25) tivemos a entrega da 93ª edição dos Oscars. O prêmio, que este ano foi bastante pautado pela situação de pandemia que estamos vivendo, também entrou para a história pela representatividade entre os indicados e premiados.

Apesar do grande destaque para as plataformas de streaming, o grande ganhador da noite foi Nomadland, arrebatando não apenas o prêmio de Melhor Filme, mas também Melhor Direção para Chloé Zhao — sendo esta a primeira mulher não-branca a ganhar na categoria e apenas a segunda mulher em toda a história do Oscar — e Melhor Atriz para Frances McDormand.

Meu Pai, Mank, O Som do Silêncio, a animação Soul, A Voz Suprema do Blues e Judas e o Messias Negro empataram, com cada um deles levando duas estatuetas para casa.

Confira os ganhadores em negrito abaixo:

Melhor Filme
  • Meu Pai
  • Judas e o Messias Negro
  • Minari
  • Mank
  • Nomadland
  • Bela Vingança
  • O Som do Silêncio
  • Os 7 de Chicago
Melhor Diretor
  • Thomas Vinterberg – Another Round
  • David Fincher – Mank
  • Chloé Zhao – Nomadland
  • Emerald Fennell – Bela Vingança
  • Lee Isaac Chung – Minari
Melhor Atriz
  • Viola Davis – A Voz Suprema do Blues
  • Andra Day – The United States vs Billie Holiday
  • Vanessa Kirby – Pieces of a Woman
  • Frances McDormand – Nomadland
  • Carey Mulligan – Bela Vingança
Melhor Ator
  • Riz Ahmed – O Som do Silêncio
  • Chadwick Boseman – A Voz Suprema do Blues
  • Anthony Hopkins – Meu Pai
  • Gary Oldman – Mank
  • Steven Yeun – Minari
Melhor Atriz Coadjuvante
  • Maria Bakalova – Borat: Fita de Cinema Seguinte
  • Gleen Close – Era Uma Vez um Sonho
  • Olivia Colman – Meu Pai
  • Amanda Seyfried – Mank
  • Yuh-Jung Youn – Minari
Melhor Ator Coadjuvante
  • Sacha Baron Cohen – Os 7 de Chicago
  • Daniel Kaluuya – Judas e o Messias Negro
  • Leslie Odom Jr. – Uma Noite em Miami…
  • Paul Raci – O Som do Silêncio
  • Lekeith Stanfield – Judas e o Messias Negro
Melhor Roteiro Original
  • Judas e o Messias Negro
  • Minari
  • Bela Vingança
  • O Som do Silêncio
  • Os 7 de Chicago
Melhor Roteiro Adaptado
Melhor Animação
  • Dois Irmãos
  • A Caminho da Lua
  • A Shaun the Sheep Movie: Farmageddon
  • Soul
  • WolfWalkers
Melhor Filme Internacional
  • Another Round (Dinamarca)
  • Better Days (China)
  • Collective (Romania)
  • The Man Who Sold His Skin (Tunísia)
  • Quo Vadis, Aida? (Bosnia e Herzegovina)
Melhor Curta-metragem
  • Feeling Through
  • The Letter Room
  • The Present
  • Two Distant Strangers
  • White Eye
Melhor Animação em Curta-Metragem
  • Burrow
  • Genius Loci
  • Se Algo Acontecer, Te Amo
  • Opera
  • Yes–People
Melhor Documentário
  • Collective
  • Crip Cramp
  • The Mole Agent
  • Professor Polvo
  • Time
Melhor Documentário em Curta-Metragrem
  • Colette
  • A Concerto is a Conversation
  • Do Not Split
  • Hunger Ward
  • A Love Song for Latasha
Melhor Fotografia
Melhor Design de Produção
  • Meu Pai
  • A Voz Suprema do Blues
  • Mank
  • Relatos do Mundo
  • Tenet
Melhores Efeitos Visuais
  • Love and Monsters
  • O Céu da Meia-Noite
  • Mulan
  • O Único e Incomparável Ivan
  • Tenet
Melhor Montagem
  • Meu Pai
  • Nomadland
  • Bela Vingança
  • O Som do Silêncio
  • Os Sete de Chicago
Melhor Canção Original
  • Fight For You, de Judas e o Messias Negro
  • Hear My Voice, de Os 7 de Chicago
  • Husavik, de Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars
  • Io Sì (Seen), de Rosa e Momo
  • Speak Now, de Uma Noite em Miami…
Melhor Trilha Sonora Original
Melhor Som
  • Greyhound
  • Mank
  • Relatos do Mundo
  • Soul
  • O Som do Silêncio
Melhor Figurino
  • Emma.
  • A Voz Suprema do Blues
  • Mank
  • Mulan
  • Pinocchio
Melhor Cabelo e Maquiagem
  • Emma.
  • Era Uma Vez um Sonho
  • A Voz Suprema do Blues
  • Mank
  • Pinocchio

Leia mais sobre Oscar 2021.

Adam William

"Os filmes existem, é por isso que eu assisto!" Não é exatamente um "crítico de cinema", mas curte o termo "Filmmelier". Sonha em crescer e ser o Homem-Aranha um dia. Acredita que a vida não é sobre o quão forte bate, mas o quanto se aguenta apanhar. Mestre Pokémon, Sonserino e assíduo visitante da Terra Média.

Leia também